headerphoto

Freguesia - Tecido Economico

Do ponto de vista económico, as principais actividades existentes na Freguesia estão ligadas ao sector primário, no qual a agricultura assume um papel preponderante. A pecuária, não tendo já a dimensão de outrora, ainda detêm uma posição razoável.
A agricultura caracteriza-se pelo cultivo de cereais e de girassol, mas é a floresta que ocupa a maior área da Freguesia, com o sobreiro em lugar de destaque. De facto, estima-se que mais de 80% seja ocupado pelo sobreiro, espécie que produz a cortiça e que permite aos proprietários receitas bastante significativas.
O sobreiro tem uma presença muito forte na Freguesia, representado, nesta zona, uma riqueza florestal ímpar. A cortiça é uma casca exterior do sobreiro que é extraída e processada com diversos fins como isolamentos ou produção rolhas. É produzida de forma independente, contínua e renovável, constituindo um recurso economicamente rentável e ecológico, cuja extracção não produz efeitos negativos no meio ambiente.
Na área da Freguesia, o principal interveniente na prestação de serviços de acção social é o Centro Comunitário de Santa Margarida, que além de Centro de Dia, presta apoio domiciliário aos utentes, como fornecimento de refeições, lavagem de roupas e higiene.